rockman parte 2

09 de Junho de 2XXX….

Ás 09:23hs da manhã o telefone toca, Rock atende e diz:

Rock: “Pai, é para o senhor, é o Barry”

“Barry é meu advogado, nos conhecemos na universidade, nossa amizade virou algo mais profissional depois que eu aceitei a proposta do governo para produzir robôs operários em grande escala.”

Dr. Light: “Bom dia Barry, aconteceu algo?”

Barry: (suspiro longo) “Bom dia meu amigo, se não está sentado se sente pois não tenho boas noticias, o assunto é relevante ao ocorrido em sua residência alguns dias atrás e aos últimos acontecimentos envolvendo seu trabalho juntamente com o lunático do Dr. Willy.”

Dr. Light: “Vá direto ao assunto Barry, por favor.”

Rock bem atento com os olhos fixados nos olhos de seu criador apenas observa toda a conversa e as expressões de seu criador, seus módulos capacitivos conseguem ampliar sua audição focando apenas em um certo ponto.

Roll aparece de repente, brincando e tirando a atenção de seu irmão.

 

Dr. Light: “Só um momento Barry.

Rock……..Roll, vão brincar lá fora por favor.”

 

Roll puxa Rock pelo braço e os dois saem para o jardim da parte de trás da casa.

Dr. Light: “Continue…….”

Barry: “Bem……após a morte dos seus empregados Rebecca e Joseph, a polícia iníciou uma investigação para entender o que levou ao atentado, eles não podem alegar que foi o Willy pois os Robos foram feitos por você, a patente é sua e a programação até onde sabem foi feita por você.”

Barry: “Resumindo, por estes motivos o Sr. foi intimado pelo Juiz de Direito da primeira vara da província de Kanto, o senhor excelentíssimo Keiji Mikami.”

Barry: “Meu amigo, sejamos bem francos, devido a tal situação, você não foi preso ainda por não representar risco direto a sociedade, na verdade esses foram os termos usados, acredito que sua larga contribuição nestes últimos anos ajudaram um pouco mas não há muito que possamos fazer além de cooperar, vou te defender da maneira que eu puder.”

 

“Dr. Light ao ouvir o que seu amigo e advogado tinha a dizer, respirou fundo, olhou para um quadro na sala……….. um dia no campo com sua amada Emily.

Dr. Light: Não vou pagar pelos crimes dos outros Barry! Eu entendi muito bem, não vou ficar um dia preso em lugar nenhum enquanto o Willy fica solto e faz o que quer, trazendo desordem, não vão me prender!

Barry: Eu estou indo aí meu amigo, vamos conversar particularmente, você está muito alterado……..

“Dr. Light desliga o telefone bruscamente, olhares trêmulos, suor frio na pele e uma atitude impensada……..

10:43hs da manhã do mesmo dia: Dr. Light aparece no quarto onde estavam agora Rock e Roll, olha para as duas “crianças” brincando e diz “Rock 180094829, protocolo de acionamento do canhão de plasma, Rock 339483728, protocolo de acionamento de mudança de comportamento em 45 minutos, Roll 228307239, protocolo de desligamento temporário……2 horas.

Dr. Light pega suas malas, entra num táxi………

12:21hs do mesmo dia, estação de Akihabara: Essa foi a ultima vez que Dr. light foi visto……….Após a ativação dos protocolos Rock mudou um pouco seu comportamento, tinha em mente defender sua irmã e qualquer ser com bondade. Não tem como explicar mas o pequeno Robo estava mais maduro, o robozinho e sua irmã não entendiam o porque de seu pai ter os deixado, um certo dia Rock decide que era hora de lutar contra as forças de Willy de maneira mais direta pois o mesmo cada vez aumentava os ataques as cidades, cogitava-se que Dr. Willy havia vendido tecnologia para outros países, incluindo os EUA, por este motivo seu reino de caos crescia sem intervenção de nenhum outro país.

Willy dominou o Japão e impôs um regime de dor e sofrimento aos pobres favorecendo os ricos, a cada dia o avanço tecnológico era evidente.

Rock sempre defendia os mais injustiçados, se uniu a um grupo de “rebeldes” que conseguiam reprogramar alguns robores para ajudar na guerra contra o caos implantado pela tirania de Dr. Willy, alguns diziam que ele era tão louco que queria dominar o mundo.

5 anos após o primeiro ataque, agora Rock com alcunha de Megaman devido sua força e coragem contra os robôs malvados do Dr. Willy, via  todo o Japão dominado pelo mau imposto pelo tirano.

Os rebeldes praticamente tentavam sobreviver ao terror implantado, não existiam mais operários, todos trocados por robôs.

 

 

 

Parte 3

Mais 16 anos se passam……..é mês de dezembro e ninguém mais comemora natal, mais um dia como todos os outros onde Megaman tenta encontrar o esconderijo de Dr. Willy e acabar com o sofrimento de todos.

A armadura desgastada, rachaduras e remendos de solda, o herói não é o mesmo de anos atrás, sua irmã Roll foi morta por SlashMan á 2 anos durante uma mudança do esconderijo, Mega derrotou vários dos últimos Robos do Willy, mas sua esperança também foi derrotada…..ele sempre aparecia com 8 “generais” novos.

Seu olhar mudou……..

Ibuki: Atenção Mega! Na escuta?

Megaman: Na escuta Ibuki, prossiga!

Ibuki: Temos uma pista fresca sobre o paradeiro do Dr Willy, acreditamos que agora pegamos o desgraçado! Estou te passando as coordenadas.

 

Ao chegar no local, um deposito abandonado em um bairro simples Megaman logo se vê cercado de robôs diferentes, olhos avermelhados, destes robôs sai do meio deles  um especial muito parecido com Rock porém vermelho e com um visor escuro, olha para mega e dá um sorriso de canto de boca.

“E aí……….irmãozinho……..

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: